Em 19 de fevereiro, Lionel Messi voltou a se manifestar na plataforma de mídia social chinesa Weibo, negando veementemente qualquer motivação política por trás de sua ausência em um jogo recente e esclarecendo que uma lesão foi o motivo principal. O astro do futebol argentino declarou que uma inflamação nos músculos adutores o deixou impossibilitado de competir em Hong Kong.

Messi esclareceu que a lesão ocorreu após um jogo de pré-temporada na Arábia Saudita, o que o levou a ser incapaz de participar da partida em Hong Kong. Ele enfatizou que a condição física comprometeu sua capacidade de jogar em seu nível habitual. No entanto, em uma reviravolta positiva, Messi explicou que sua condição melhorou alguns dias após a lesão, permitindo sua participação em uma partida no Japão. Ele expressou seu desejo sincero de se reunir com os fãs chineses o mais rápido possível e dissipar quaisquer equívocos sobre sua disposição para participar de eventos na região.

É notável que Messi tenha escolhido a plataforma Weibo para esclarecer as especulações, demonstrando seu comprometimento em alcançar diretamente os fãs chineses. A resposta franca e detalhada do jogador destaca a importância de uma comunicação aberta e transparente no mundo esportivo, onde os rumores podem facilmente se espalhar.

A resposta de Messi no Weibo acontece após especulações e questionamentos de fãs, bem como da mídia, sobre a razão por trás de sua ausência em determinados jogos, levantando preocupações sobre possíveis motivações políticas. Com essa declaração, Messi busca dissipar quaisquer dúvidas e reiterar seu comprometimento com o esporte e seu desejo de interagir com os fãs chineses.

A transparência nas comunicações é fundamental no mundo do esporte global, a mensagem de Messi no Weibo visa aclarar quaisquer dúvidas e assegurar aos fãs chineses que sua ausência foi motivada exclusivamente por razões físicas. Com sua paixão pelo esporte e sua vontade de se reconectar com seus admiradores, Messi espera retomar seu papel destacado no cenário esportivo internacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *